Ela

Levanto com a certeza de ser infinito, levito.
Ele vira pro lado, de lado, de costas pra mim.
Sobra espaço na cama de lençóis sempre limpos.
Ele que sempre me definiu, limitou-se.
E eu que nunca dei bola a definições, libertei-me.
Um par de pés descalços que desaprenderam a andar em volúpias acesas,
mas que engatinham em corpos nus.
De rastejo em rastejo, ela.
Ela que sempre me conheceu, me desconhece,
e reconhece-me no ímpeto dos meus lábios cansados de sustentar um mundo frágil inteiro.
Era a entrega que nos levaria ao íntimo.
Caía seus cabelos por cima dos meus, de mim.
Nos trançava, traçava.
E antes que pudéssemos desejar não ser, já éramos.
Íamos como se não houvesse fim.
Mas haveria o final, eu sabia!
Sabia porque já havia experimentado em tudo, todos eles.
Embora soubesse, ia.
Ele me tinha, ela me era.
E eu concluía que entre o ter e o estar
cabiam mais coisas do que eu sempre pensei.
Eu que era acostumado aos beijos que não me marcavam,
sucumbi aos dela que me manchavam inteiro,
que roubavam dos meus lábios outrora sempre cheios, tudo o que pudesse carregar.
Do topo de mim eu saltava pra dentro da sua umidade,
num mergulho que afaga e afoga até o mais viril dos homens.
Dentro dela eu me perdia,
de libido exacerbada,
de olhos que mordem e nos mastigam até que não sobre mais nada.
Era a sua erótica humanidade,
uma fome fugaz que dilacera tudo o que deixamos de ser
e o que seríamos se nos restasse tempo.
E se houvesse, ela deitaria no meio de nós,
seria a ponte que traria, ou trairia.
Eu e ele.
Ele muda de lado,
se vira,
de frente pra mim.
Sonha como se fosse fácil viver a vida.
E enquanto não somos nós, somos eu e ela.
Ela que muda o meu tom e me toca com uma outra melodia,
e apesar de eu gostar da nossa música o silêncio dele me falta.
E é essa sede insaciável de ser completo que me agonia e me mata.
Ele acorda, sorri, com a pureza do não saber.
E eu imensuravelmente inexplorado por mim,
pronto a dizer que entre ele e ela, fico comigo mesmo.

Anúncios

Um comentário em “Ela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s