V

Cultivo em mim todas as angústias do mundo, emendo uma na outra e teço caminhos inteiros com os pedaços que encontro por aí. Partes de um ou de outro sentimento que acreditava já não existir e que do nada chovem de um céu desconhecido e me transbordam com todas as verdades que eu, cuidadosamente, fiz questão de omitir.

Frederico Brison.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s